Categoria: Receitas

Casa do Fogo participa pela terceira vez do festival Brasil Sabor

Capucho em Coentro e Gengibre

BRASIL SABOR 2012
O restaurante Casa do Fogo apresenta o prato:

Capucho em Coentro e Gengibre
Filé de peixe flambado, raiz de coentro, gengibre e alho.

Ingredientes

200g de filé de capucho; 1 colher de sobremesa de azeite; 1 dente de alho picado em juliene; 1 cm de gengibre picado em juliene; meia pimenta dedo de moça picada em juliene; 2 raízes de coentro picadas; 1/2 cebola roxa pequena; 3 ramos de cebolinha cortada em pedações de 8 cm; 20g de pimentão vermelho picado em juliene; 1 colher de sopa de sumo de limão cravo;1/2 colher de sopa de açucar mascavo; 125 ml de vinho branco seco; 50 ml de cachaça de alambique; molho de peixe a gosto; folhas de coentro picadas para decorar.

Modo de preparo

Em uma frigideira grande de t-fal aqueça o azeite. Flambe o peixe com a cachaça e acrescente a pimenta, o alho, o gengibre e as raízes de coentro. Com o peixe no ponto adicione a cebolinha, o pimentão e a cebola roxa. Em seguida o açucar mascavo, o limão cravo e o vinho branco. Deixe reduzir um pouco, tempere com o molho de peixe. Sirva decorando com folhas de coentro picado.
Aprenda a fazer este delicioso prato com o chef Caju
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=WnAEn9cWU98

Paraty participa do Festival Brasil Sabor e apresenta a gastronomia sustentável local

O Festival Brasil Sabor chega a sua sétima edição em 2012 e acontece em restaurantes de todo o Brasil de 3 de maio a 3 de junho. Restaurantes de Paraty inspiram-se no conceito da sustentabilidade para a criação dos pratos do festival.

Durante o período do Brasil Sabor, os estabelecimentos participantes vão oferecer pratos inéditos, valorizando a culinária regional e a criatividade dos chefs. Em busca de uma maior integração entre a gastronomia e este momento voltado para o desenvolvimento sustentável do planeta, os restaurantes de Paraty revelam receitas criadas com produtos da região, cultivados de forma agroecológica: peixes e frutos do mar, palmitos, frutas e legumes, cachaça artesanal e até queijos foram utilizados pelos chefs. A ideia é inserir estes produtos em receitas de todas as especialidades, então este ano há participação de restaurantes não apenas de gastronomia brasileira, como também italiana e tailandesa.

Paraty, cidade situada na Costa Verde, é conhecida por seu centro histórico preservado e sua natureza exuberante. A cidade foi escolhida como piloto na implementação do Passaporte Verde, campanha do Ministério do Turismo para a conscientização dos turistas e prestadores de serviços do turismo, para a prática do turismo sustentável.

Os participantes vão apresentar os pratos que serão servidos no Brasil Sabor durante a festa de lançamento do evento, que vai acontecer no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, no dia 3 de maio. Nesta ocasião serão divulgadas as ações de Paraty para o Passaporte Verde, como a gastronomia sustentável, o agroecoturismo, o carbono compensado, a coleta de óleo e o projeto Vivência Paraty.

Fonte:  http://abraselparaty.wordpress.com/

Encanto Caiçara

Inspirada na poesia de Luís Perequê e nos princípios da Gastronomia Sustentável de Paraty, a equipe da Casa do Fogo criou o prato Encanto Caiçara.

Neste prato os ingredientes principais da receita são de origem local.

Os frutos do mar são pescados na baía de Paraty e comercializados por pescadores locais, na receita são flambados com cachaça do alambique Coqueiro.

O palmito Palmeira Real vem da agrofloresta do Zé Ferreira, produzido e comercializado por Jorge, seu filho.

A mandioca, a banana e a farinha são do mercado do produtor rural de Paraty.

Aproveite sua estada em Paraty durante a Flip, leve os ingredientes para casa e experimente a receita da Casa do Fogo.

Encanto Caiçara

Rende uma porção.

Ingredientes

Para os frutos do mar

  • 1 tentáculo de polvo pré-cozido
  • 1 lula média pré-cozida
  • 60 g de filé de peixe (por exemplo, o Robalo)
  • 3 camarões médios limpos e sem casca
  • 2 mexilhões
  • 25 ml de cachaça de alambique
  • 25 ml de vinho branco seco
  • 1 colher de sopa de caldo de peixe caseiro
  • 1 colher de sopa de manteiga clarificada
  • Sal, pimenta do reino e curry a gosto
  • 6 folhas de manjericão fresco

Para o palmito e a mandioca

  • 50 g de mandioca pré cozida
  • 15 cm de palmito fresco (in natura, por exemplo o Palmeira Real) – só o miolo
  • 1 colher de sopa de manteiga clarificada
  • 1 colher de sopa de azeite de ervas (à provençal)
  • Sal a gosto

Para a farofa de banana

  • 1 colher de sopa de cebola em cubinhos pequenos
  • 1 banana prata (nem madura nem verde)
  • ¾ de xícara de farinha de mandioca artesanal
  • 1 colher de sobremesa de azeite
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Para os frutos do mar

Coloque um fio de azeite em uma frigideira grande antiaderente. Deixe cozinhar o peixe e o camarão (pré temperados com sal e pimenta) até quase atingirem o ponto ideal virando apenas uma vez. Acrescente o polvo, a lula e o mexilhão. Aumente o fogo e flambar com a cachaça. Quando o fogo baixar acrescente o vinho branco e uma colher de sobremesa de manteiga clarificada. Corrija o tempero com o curry e o manjericão, verificando sal e pimenta.

Para o palmito e a mandioca

Pré aqueça a chapa e coloque a manteiga clarificada. Em seguida acrescente o palmito e a mandioca em pedaços e deixe grelhar até dourar.

Para a farofa de banana

Doure a cebola em uma frigideira com o azeite, acrescente a banana cortada em rodelas e em seguida a farinha. Deixe cozinhar em fogo baixo até dourar. Corrija o sal.

Finalização

Sirva os frutos do mar ao lado do palmito com mandioca regando com o azeite à provençal. Acompanhe com a farofa e arroz branco a parte.

Dica: O azeite à provençal pode ser preparado com as ervas de sua preferência, use ervas frescas, como por exemplo: orégano, manjericão, sálvia e tomilho. Passe as ervas por água fervente antes de picar e deixe curtir no azeite extra virgem em um vidro fechado, por 4 dias, na geladeira.

Últimos dias de Brasil Sabor

Até o dia 15 de Maio de 2010 os clientes que visitarem a Casa do Fogo poderão experimentar nossa criação para o festival gastronômico Brasil Sabor 2010: Lula Papaia

A Casa do Fogo tem como proposta a gastronomia flambada, em suas receitas as estrelas são as cachaças artesanais de Paraty, os frutos do mar da região, ervas e frutas frescas. Este prato conta a textura delicada da lula, com o doce do mamão papaia e o frescor da hortelã, em uma mistura de sabores especial.

Para aqueles que gostam de experimentar novas receitas em casa, segue a receita deste prato. Quem experimentar não deixe de contar pra gente como ficou! E bom apetite…

Lulas flambadas com papaia e hortelã

Ingredientes:

1 colher de sopa de azeite
180g de lula limpa, inteira ou em cubos, dependendo do tamanho
¼ de mamão papaia em cubos
10g de julienne de pimentão vermelho
10g de julienne de cebola roxa
6g de aipo (só o talo finamente cortado)
30ml de caldo de peixe caseiro
Hortelã fresca, sal, pimenta do reino e curry a gosto
50ml de cachaça artesanal para flambar

Modo de preparo:

Colocar a lula em uma panela bem fechada, com sal e pimenta, em fogo baixo, por aproximadamente 10 minutos. Em outra caçarola já quente, colocar o azeite, os legumes e a lula, em seguida flambar com a cachaça.  Temperar com sal, pimenta, curry e caldo de peixe.  Acrescentar a hortelã e o papaia.
Servir imediatamente acompanhado de arroz branco ou arbóreo.

Mais informações sobre o Brasil Sabor:

A quinta edição do Festival Brasil Sabor acontece no período de 15 de abril a 15 de maio de 2010, envolvendo restaurantes de todo o país em uma grande ação de promoção e valorização da gastronomia brasileira. O evento faz parte do esforço entre a Abrasel, Sebrae e Ministério do Turismo, que deu origem ao Movimento Brasil Sabor, um conjunto de ações estratégicas que buscam a promoção e valorização da gastronomia brasileira como um diferencial competitivo para o setor de turismo do país.

O Festival Brasil Sabor é uma das principais ações deste Movimento e traz como proposta evidenciar a “comida do lugar” de todas as regiões do país. Dentro deste conceito, serão enfatizadas as tradições gastronômicas locais, o que é nato e exclusivo de cada região ou estado brasileiro, ou seja, a “comida do lugar”, colocando-a no prato do turista, como forma de marcar positivamente suas experiências de viagem. O evento pretende aguçar a percepção dos consumidores locais e turistas, sobre a oferta de produtos turísticos tendo na gastronomia típica de cada região um de seus importantes atrativos.

O Brasil Sabor demonstra que além de seus belos roteiros turísticos e de sua valiosa cultura, nosso País possui uma riqueza de dar água na boca: a gastronomia. Além disso, comprova que com sua variedade de ingredientes, temperos, aromas, cores e sabores a culinária brasileira é, sem dúvida, um dos importantes atrativos turísticos que o Brasil tem a oferecer.

Como funciona

Repetindo o sucesso das edições anteriores, os estabelecimentos participantes oferecerão ao público, a preços diferenciados, durante todo o período do Festival, um prato específico para o evento, que melhor represente a “Comida do Lugar” levando em consideração a especialidade da casa, as características e tradições de cada região. Os pratos são servidos nos próprios restaurantes conforme os horários de funcionamento de cada estabelecimento.